.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28

.babadices

. nós...

. questões pertinentes...

. ele..o gajo grande

. conversas

. reconhecimento do trabalh...

. rir é omelhor remédio..

. o número 3

. do cinema

. coisas..

. novidades

.babas antigas

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

.idade do G.

baby growth

.idade da M.

Lilypie First Birthday tickers
Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009

nós...

nós somos um casal, pais de um filho, com as tarefas de qualquer casal normal com o filho, com a casa, com as comidas, roupas etc... trabalhamos os dois, estamos inscritos no ginásio (onde iamos à hora de almoço, desde que o meu estado me levou a optar pela hidroginástica o gajo balda-se porque sozinho não vai..).

 

Gostamos de conviver, e gostamos de levar o G. a sitios giros ou fazer coisas interessantes, normalmente ao fim de semana. Nesta altura do Natal além de tratarmos das nossas prendas tratamos muitas vezes das prendas dos pais, avós para nós, para o neto, para o projecto de neta...

 

Além disso, temos que organizar as festividades, costuma ser a consoada na nossa casa, este ano pedi a compreensão de todos mas fechei a loja:o)), mas é preciso pôr mãe e sogra em sintonia para tratarem das coisas e ninguem ficar melindrado, casa de uma, a outra leva a comida, só falta organizar os doces, mas ja tenho pedidos para a dona bimby:o))

 

pois que este ano temos também a peça de teatro onde participamos, temos que ensaiar e com o acréscimo de eu ser chefe e portanto me caber a mim mandar sms, e-mails, notinhas escritas aos outros pais, à prof. às educadoras, mais organizar quem faz o que e sitio dos ensaios e horas e roupas e cenários...

 

acrescem as coisas da gravidez, consultas de rotina, análises ao sangue, testes de glicemia, ecografias....

 

Para além disto o meu homem no outro dia lembrou-se que era giro fazer um jantar de natal la com os nossos vizinhos todos, fala dali, conversa daqui, vai de falar com todos, tratar das reservas, escolher menus....

 

Se nós gostamos de estar quietinhos no nosso canto? por acaso até gostamos mas acho que ninguém acredita...

sinto-me: barriguda cheia de actividades
tags:
publicado por maebabada às 10:00

link do post | babadelas | ver comentários (6) | favorito
Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009

questões pertinentes...

Ontem quando chegámos do colégio, a situação do costume, vou despir a roupa de trabalho e vestir o fatinho de empregada doméstica:o))

 

O G. que antigamente se entretinha bastante sozinho, deixou de o fazer quase por completo...um simples "a mãe vai so fazer xixi, podes ficar na sala" não resulta...enfim, ha-de ser uma fase (ou não..)

 

Estava eu a despir-me, la ia ele deitando olhos para a minha barriga:

-ó mãe, mas a mana esta dentro da tua barriga ou na do pai?

 (até era simpatico que pudessemos repartir....)

- ó G. então ja sabes, está na barriga da mãe...

- poiss, mas a barriga do pai também está grande!

 

nada como uma tirada destas para aumentar o ego de uma gravida barriguda, afinal não sou so eu que estou a aumentar:o)))

sinto-me: grávidos....
tags: ,
publicado por maebabada às 10:59

link do post | babadelas | ver comentários (12) | favorito
Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009

ele..o gajo grande

O gajito pequenito tem direito a quase 90% dos post aqui da xafarica, mas a verdade é que não é só ele que me ilumina os dias, o meu gajo grande consegue com a mesma facilidade por-me um sorriso nos lábios ou aquecer-me o coração e os pés

 

Por vários motivos que vão desde o estar sempre presente como outros que não interessam nada a um babyblog, é o meu homem, o meu lar... e não só por isso, mas também, porque às vezes percebe que uma supresa,  um presente de Natal antes do tempo podem fazer milagres a uma gravida barriguda. Ontem foi um desses dias :o))))))))

 

Eu sei que não sou uma grávida insuportável, não tenho desejos, não chateio muito, não evito nem trabalho nem afazeres, nem as passeatas e convívios, mas também sei que ando mais cansada...que às vezes oiço as noticias e fico stressada, e que sobretudo ao fim do dia e à noite me queixo das costas, da barriga...da dificuldade em arranjar posição seja na cama como no sofá...enfim, não sendo muito chata também não estou no meu melhor...e ele está lá sempre para eu poder por as perninhas no colo e ficar mais confortável:o)) às vezes é so preciso isso para me sentir melhor, obrigada, Amo-te!

sinto-me: apaixonada..mas barriguda:o)
tags:
publicado por maebabada às 10:44

link do post | babadelas | ver comentários (11) | favorito
Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009

conversas

já não sei bem a propósito de quê, começou ele:

 

- quando a minha mana nascer vai ser o meu amor!

 

pai e mãe de sorriso babado...

 

- e vou casar com ela!

 

pai e mãe com riso nervoso...mãe tenta explicar:

- não filho, não pode ser!

- ta bem mãe, não é logo! é quando ela crescer...

pai e mãe riem-se....

- ó filho mas não pode ser...

- mas vocês são os amores e casaram-se!

pai e mãe : ai ai ai e descalçar esta bota...claro que tem que ser a mãe a tentar....

- ó filho, mas tu também és o nosso amor e não casámos contigo...já somos familia, percebes, és nosso filho, e a mana vai ser tua mana, só temos que casar quando encontramos alguém de quem gostamos tanto que queremos que seja da nossa familia....percebes?

- ok...então vou casar com a madalena...

- ta bem, pode ser, quando forem mais velhos pensas nisso...

- mas depois ela é o meu amor e a mãe dela deixa de ter filha

ai o caraças do miudo que hoje lhe deu para complicar!

- não filho....quando casamos a familia aumenta, não diminui.....por exemplo, a mãe casou com o pai e ficou com mais familia...a avo I., o avo R., a bisa...

- e mais?

- o tio P

- e mais?

- o tio JP

- e mais?

- arre e mais os 300 primos do teu pai que foram ao casamento:P

 

sinto-me: cansada de explicações
publicado por maebabada às 10:29

link do post | babadelas | ver comentários (18) | favorito
Segunda-feira, 9 de Novembro de 2009

reconhecimento do trabalho parte II

Quando soube que estava gravida de uma menina comecei logo a pensar no quarto e como iamos decorar e blablabla, meti na cabeça que queria fazer desenhos na parede, no quarto do G. fiz riscas pelo quarto todo e gostei muito do resultado mas fica bem num quarto de gajo, menina tinha que ser uma coisa feminina..de gaja...portanto a ideia era mesmo fazer bonecas...

 

O N. estava reticente (para utilizar uma expressão simpatica...) quanto a esta ideia, e dizia..ah e tal mas ha uns autocolantes giros....ele nem é muito conservador e costuma aderir às minhas ideias mas a verdade, verdadinha, é que eu nunca tinha feito nada de semelhante, nem é coisa que eu faça no papel...enfim se alguma criança pedir, faço um desenho, mas não é um hobby nem nada que se pareça, daí os receios dele, mas eu meti na cabeça que conseguia e que ia ficar giro:o))) para não ser completamente louca experimentei 1º num movel e perante esta 1ª experiencia, ganhei alguma confiança e ia sempre dizendo, opa o pior que pode acontecer é ter que pintar a parede outra vez, o que é verdade, não vinha dali nenhum mal ao mundo:o)))

 

Pois que no outro dia fui mais cedo para casa e pus-me a inventar. Os 2 gajos chegaram e ambos gostaram do resultado, a maior prova disso?

Este sábado diz-me o N.: olha...aquela parede ali do quarto da M. está um bocadinho despida...não tens ideia de outra boneca para pintar ali? 

yessssssssssssssssssssssss :o)))))

 

 

sinto-me: pintora nas horas vagas
tags:
publicado por maebabada às 10:35

link do post | babadelas | ver comentários (12) | favorito
Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

rir é omelhor remédio..

Não sou perita em relacionamentos nem nada que se pareça, nem sei segredos de como conhecer a pessoa certa ou mante-la, aliás acho que o que funciona bem para um casal não tem que funcionar para outro, como as pessoas são diferentes cada relacionamento terá que ser diferente para poder agradar às pessoas que dele fazem parte.

 

O que eu tenho como certo é que como em tudo na vida há momentos de sorte, é preciso ter sorte para conhecer "aquela pessoa". Se é verdade que o amor e a paixão são o motor de arranque, eu acho que é preciso ter sorte para que a pessoa que amamos por coincidencia ter aquele feitio que encaixa no nosso, não sei se é preciso ter um feitio semelhante ou oposto, tem que encaixar, tem que ter defeitos com os quais podemos viver e tem que conseguir tolerar os nossos.

 

Ora isto não era para ser um post profundo sobre amor e relações, isto é só a introdução para o disparate...:o)), a verdade é que o meu homem tem um feitio que eu acho porreiro, tem defeitos, claro mas até da para viver com eles, e tem uma particularidade...quando está a lidar com objectos inanimados que lhe dão luta por algum motivo (um movel para mudar de sitio, uma prateleira para pregar ou despregar...whatever..) ele insulta-os, mas insulta-os como se insulta um arbitro que acabou de não marcar um penalty evidente no ultimo minuto do jogo que esta 0-0, e faz cara feia e berra com o objecto em causa. Claro que não resolve mas acho que lhe da força..:o)) e deve libertar o stress.

 

Já eu também tenho uma particularidade...sou dada a ataques de riso incontrolaveis, daqueles em que tenho que parar tudo, me falta o ar e as lagrimas caiem pela cara abaixo e não tem que haver nenhum motivo com piada...às vezes dão-me do nada...outras vezes acontecem tambem quando luto com esses objectos inanimados...ora bem, isto conjugado temos uma mistura explosiva...

 

Nós comprámos uns arbustos para as varandas (carooosss, espero que durem a vida toda...) mas não encontravamos nenhuns vasos de que gostassemos e não encarecessem de tal modo a coisa que daqui a pouco tinhamos que fechar as varandas com medo que roubassem aquilo...encontrámos esta semana no ikea uns medianamente giros e medianamente caros. Vai de ir para as varandas tratar da poda...os mais pequenos foi facil, os maiores...bom, o N. sacou-o do plastico onde estava e tentou num so movimento manda-lo para dentro do vaso (daqueles assim para o alto), pois que entrou metade....o resto da terra ficava de fora. Saliente-se que os arbustos devem pesar o mesmo que eu (sem estar gravida:o))). O N. começa a insultar o vaso porque não alarga...eu digo, ah tira la o arbusto outra vez para eu desbastar a terra e ja caber.

 

Eu disse isto como se fosse facil...o N. puxa do arbusto, puxa, puxa e nada...reínicio dos insultos desta vez ao vaso e ao arbusto..eu começo a sorrir e digo va, eu puxo o vaso, tu puxas o arbusto (relembro que estamos na varanda...), la puxo com força ele tambem, o arbusto sai do vaso e nenhum dos dois caiu da varanda abaixo.

 

começo a desbastar a terra para dar uma forma que caiba no vaso ( a terra esta rija como o caraças e mal se mexe), o N. começa a dizer mal do ikea e de novo a insultar os vasos....mostra sinais de impaciencia e diz, agora ja deve dar...ok digo eu. De novo num movimento continuo (que aquilo pesa para caraças) levanta-o do chão e tenta mete-lo dentro do vaso......coube....mais um bocadinho mas ainda 1/3 da terra de fora...insultos violentos ao arbusto por parte do N., gargalhadas fortes da minha parte.....ele diz, va vamos la tirar este......(piiiiiiiiiiiiiiiiiiiii) desta (piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii) para tirares mais (piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii) a ver se isto ja cabe nessa piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii. Ele agarra no arbusto e eu no vaso...ora bem se da 1ª vez tinha sido dificil imagine-se agora que o arbusto tinha entrado mais para dentro do vaso.....imagine-se também que eu gravida e ja um cadito cansada daquilo perdia um cadito das forças, imagine-se que o N. perdia um bocadito mais de paciencia e ja gritava a plenos pulmoes os insultos ao vaso, terra, arbusto e sei la que mais, para além de que ja tinha desbastado um bom bocado de terra que andava pelo chão e um bocadinho por nós todos... e imagine-se que me da um ataque de riso incontrolavel ao mesmo tempo que tentava puxar o vaso....imagine-se tambem que olhava para o N. e via alem da cara zangada a chamar nomes à mãe da planta, vejo que tem imensas folhas do arbusto na cabeça (eu tinha a parte de puxar o vaso, ele agarrava o arbusto...) pois que eu desato a rir descontroladamente fico sem forças para segurar no vaso, o N. agarrado ao arbusto e cheio de folhas na cabeça, a terra e as pedrinhas a magoarem-nos e o .......do arbusto.....metido dentro do......vaso nem se mexia....o N. dizia: pára la com isso que o piiiiiiiiiiiiiiiiii do arbusto esta a comer-me a saladinha toda e eu ria, ria, ria....e ele ja ria também e pedia-me para parar de rir...

 

resumindo e concluindo, se tivessemos feitios diferentes aquilo podia ter sido o inicio de uma bela discussão entre nós e sobre quem tinha tido a ideia de comprar aqueles vasos e blablabla, como temos estes feitios foi um momento muito mas muito divertido (não sei se contado tem a mesma graça, mas eu ri-me mesmo muito). E é assim que depois de uma plantação bem sucedida eu chego à conclusão que ele é mesmo a pessoa certa para mim :o)))

 

Nota: não sei se repararam, eu falei em "maiores", o que significa mais que um..e pelo relato perceberam que só tivemos força para plantar um...portanto no fim de semana numa outra varanda o espectaculo prosseguirá:o))))

 

 

 

sinto-me: apaixonada
tags:
publicado por maebabada às 11:07

link do post | babadelas | ver comentários (16) | favorito
Quinta-feira, 24 de Setembro de 2009

o número 3

Desde miuda, quando pensava no futuro sempre imaginei e disse que gostaria de ter 2 filhos, sempre me imaginei com um casalinho e aliás o nosso plano enquanto casal sempre foi esse.

 

Depois veio o G. e mantivemos que não queríamos esperar muito para ter o 2º, (e foi isso que fizemos só esperámos o que nos obrigaram a esperar...a tal venda que demorou 2 anos...), mas enquanto o relógio biológico dava voltas e voltas à espera da luz verde, o numero 3 começou a aparecer, ouvia-me a dizer queremos ter mais um e mais outro quem sabe...e depois engravidei e sempre que me diziam, será que é a menina, eu respondia, rindo e olhando de lado para o meu gajo: se não for desta tentámos para a próxima!"

 

até pensei secalhar isto é uma forma de calar este pessoal...sim não sei porquê mas toda  a gente parece achar que ter filhos é tipo caderneta de cromos, se já se tem um rapaz, se vem outro é cromo repetido..só depois de vir a menina é que se fecha a caderneta...

 

mas depois dei por mim a olhar para a roupa de recem-nascido do G. e a ver algumas (pouquíssimas é verdade, mas motivo suficiente para a minha cabeça cirandar..) roupas marcadamente de rapaz e a olhar para aquilo a pensar: o que lhes faço?

 

e disse ao N. entre sorrisos: olha, estas roupinhas de rapaz...damos ou guardamos? e ele riu também: "secalhar é melhor guardarmos" e os nossos olhos sorriram juntos...

 

Não sei se vamos ao 3º, não é um projecto ou plano definido, mas também não é um sonho irreal, depende de muita coisa, do G., de nós, do dinheiro, do tempo, enfim...mas é uma ideia...e eu fiquei feliz por termos aquela porta aberta e fiquei feliz por apesar de sermos 2, continuarmos a pensar como 1, por termos o mesmo projecto de vida, por caminharmos juntos e na mesma direcção.

 

E tu minha princesa....não estás à margem disto, olha que tens muita responsabilidade ...toca a dormir muito e bem, que muitas noites mal dormidas tiram a vontade ...:o)))

 

sinto-me: apaixonada pela minha família
tags: ,
publicado por maebabada às 11:32

link do post | babadelas | ver comentários (18) | favorito
Terça-feira, 8 de Setembro de 2009

do cinema

Como já disse aproveitamos as férias para fazer a estreia do G. no cinema, confesso que a escolha do filme me competiu a mim, mas não era nada apropriado...ele até gostou e ficou sossegado o filme todo, mas...ha necessidade de abordar abortos e mortes num filme para crianças e tudo para aí em 10 minutos???

 

a história....nada de especial...enfim, tinha partes engraçadas o efeito 3D para mim que ja não me lembrava estava optimo (e se os filmes são para crianças não podiam por uns oculinhos mais pequenitos...o miudo passou 90% do tempo a segurar os oculos..)

 

Mas enfim, foi uma boa 1ª experiencia porque ele viu, aguentou bem o tempo todo e gostou de quase tudo (sobretudo de um jogo que havia à entrada do cinema:o))

 

Ora deviam faltar uns 15 minutos para o filme acabar diz o G.:

-ó mãe tou aflito para fazer xixi

- ó G....esta quase a acabar, esperas só um bocadinho

- ta bem...

2 minutos depois

- ó mãe, não consigo esperar estou mesmo muito, muito aflito

olho em volta...estamos no meio de uma fila, não iamos ver o fim do filme e iamos ser insultados de vários nomes conhecidos e quiça desconhecidos...

olho para o copo que comprei com sumo, quase vazio...

-ó G., só hoje..fazes o xixi aqui no copo?

- ó mãe.....

- va la filho, para podermos ver o filme....

- ta bem...

e pronto..aquela senhora que olhou várias vezes para trás perante o som estranho de agua a cair em catadupa, ja sabe o que foi:o)))

sinto-me: desenrascada
tags: , ,
publicado por maebabada às 10:00

link do post | babadelas | ver comentários (10) | favorito
Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009

coisas..

viver "no campo" é

- sair à noite para jantar e no regresso ficar parada na estrada porque uma cabra (de 4 patas mesmo) saltou do veiculo onde ia e está o dono a puxa-la pela trela para ela voltar a entrar...

 

 

- no dia seguinte de manhã, abrandar no transito porque um sr. e suas 3 ovelhas (também pela trela" estão a atravessar a estrada...

 

e viver no campo mas na cidade é isto tudo acontecer por baixo de uma viaduto recém construído...

sinto-me: campestre
tags:
publicado por maebabada às 11:05

link do post | babadelas | ver comentários (14) | favorito
Quarta-feira, 2 de Setembro de 2009

novidades

Pois é, temos novidades, quer dizer, não são bem novidades porque lá por casa e arredores já se sabe ha bastante tempo...

 

Ora bem, para quem me lê ha algum tempo, sabe que quando vendesse a casa íamos tentar o 2º, pois que me maio assinámos o contrato promessa e eu fui direitinha ao médico ver se estava tudo ok e se tinha luz verde, exames feitos análises idem, luz verde lançada, pilula acabada...feriados de Junho....muito calor, uma cama grande de hotel....e prontos...a 4 de Julho fiz o teste que deu positivo, dissemos à família e amigos chegados, eu contei ás minhas amigas de quintal :o)))

 

Por aqui...1º pensei deixa-me ir à medica ver se está tudo bem porque enquanto é só um risquinho num teste parece pouco real...a médica estava de férias so regressou dia 31 de Julho, portanto, depois pensei ah e tal vou de férias..quando regressar conto e pronto, cá estou eu a contar:o)))

 

O G. soube logo e informou logo todo o seu raio de acção que passa sobretudo pelo colégio, vizinhos e eventualmente pessoas com quem simplesmente se cruza na rua, ha pessoas que como desbloqueador de conversa usam qualquer coisa como " este tempo está esquisito não é?" o G. agora simplesmente diz "sabes? a minha mãe está gravida, vou ter um mano ou uma mana, não se sabe...não se pode escolher..."

 

Estou de 14 semanas e tudo a correr muito bem, só me posso queixar de uns enjoozitos mas cada vez mais leves. Estamos felizes!

 

Nota: sei que ha pelo menos 2 pessoas que me lêem que têm problemas em engravidar, imagino que este tipo de posts traga um turbilhão de sentimentos, para elas um beijo especial e um desejo sentido de um dia destes ler nos vossos blogs a recepção ao vosso filho de sangue ou coração.

sinto-me: grávida..pois claro!
publicado por maebabada às 10:53

link do post | babadelas | ver comentários (54) | favorito

.links

.idade da M.

Lilypie First Birthday tickers