.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28

.babadices

. quase, quase, quase...

. dia nos namorados...

. eles

. noticias

. fim de semana

. to do list 2011

. eles

. eles

. natal e passagem de ano

. feliz natal

.babas antigas

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

.idade do G.

baby growth

.idade da M.

Lilypie First Birthday tickers
Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

rir é omelhor remédio..

Não sou perita em relacionamentos nem nada que se pareça, nem sei segredos de como conhecer a pessoa certa ou mante-la, aliás acho que o que funciona bem para um casal não tem que funcionar para outro, como as pessoas são diferentes cada relacionamento terá que ser diferente para poder agradar às pessoas que dele fazem parte.

 

O que eu tenho como certo é que como em tudo na vida há momentos de sorte, é preciso ter sorte para conhecer "aquela pessoa". Se é verdade que o amor e a paixão são o motor de arranque, eu acho que é preciso ter sorte para que a pessoa que amamos por coincidencia ter aquele feitio que encaixa no nosso, não sei se é preciso ter um feitio semelhante ou oposto, tem que encaixar, tem que ter defeitos com os quais podemos viver e tem que conseguir tolerar os nossos.

 

Ora isto não era para ser um post profundo sobre amor e relações, isto é só a introdução para o disparate...:o)), a verdade é que o meu homem tem um feitio que eu acho porreiro, tem defeitos, claro mas até da para viver com eles, e tem uma particularidade...quando está a lidar com objectos inanimados que lhe dão luta por algum motivo (um movel para mudar de sitio, uma prateleira para pregar ou despregar...whatever..) ele insulta-os, mas insulta-os como se insulta um arbitro que acabou de não marcar um penalty evidente no ultimo minuto do jogo que esta 0-0, e faz cara feia e berra com o objecto em causa. Claro que não resolve mas acho que lhe da força..:o)) e deve libertar o stress.

 

Já eu também tenho uma particularidade...sou dada a ataques de riso incontrolaveis, daqueles em que tenho que parar tudo, me falta o ar e as lagrimas caiem pela cara abaixo e não tem que haver nenhum motivo com piada...às vezes dão-me do nada...outras vezes acontecem tambem quando luto com esses objectos inanimados...ora bem, isto conjugado temos uma mistura explosiva...

 

Nós comprámos uns arbustos para as varandas (carooosss, espero que durem a vida toda...) mas não encontravamos nenhuns vasos de que gostassemos e não encarecessem de tal modo a coisa que daqui a pouco tinhamos que fechar as varandas com medo que roubassem aquilo...encontrámos esta semana no ikea uns medianamente giros e medianamente caros. Vai de ir para as varandas tratar da poda...os mais pequenos foi facil, os maiores...bom, o N. sacou-o do plastico onde estava e tentou num so movimento manda-lo para dentro do vaso (daqueles assim para o alto), pois que entrou metade....o resto da terra ficava de fora. Saliente-se que os arbustos devem pesar o mesmo que eu (sem estar gravida:o))). O N. começa a insultar o vaso porque não alarga...eu digo, ah tira la o arbusto outra vez para eu desbastar a terra e ja caber.

 

Eu disse isto como se fosse facil...o N. puxa do arbusto, puxa, puxa e nada...reínicio dos insultos desta vez ao vaso e ao arbusto..eu começo a sorrir e digo va, eu puxo o vaso, tu puxas o arbusto (relembro que estamos na varanda...), la puxo com força ele tambem, o arbusto sai do vaso e nenhum dos dois caiu da varanda abaixo.

 

começo a desbastar a terra para dar uma forma que caiba no vaso ( a terra esta rija como o caraças e mal se mexe), o N. começa a dizer mal do ikea e de novo a insultar os vasos....mostra sinais de impaciencia e diz, agora ja deve dar...ok digo eu. De novo num movimento continuo (que aquilo pesa para caraças) levanta-o do chão e tenta mete-lo dentro do vaso......coube....mais um bocadinho mas ainda 1/3 da terra de fora...insultos violentos ao arbusto por parte do N., gargalhadas fortes da minha parte.....ele diz, va vamos la tirar este......(piiiiiiiiiiiiiiiiiiiii) desta (piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii) para tirares mais (piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii) a ver se isto ja cabe nessa piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii. Ele agarra no arbusto e eu no vaso...ora bem se da 1ª vez tinha sido dificil imagine-se agora que o arbusto tinha entrado mais para dentro do vaso.....imagine-se também que eu gravida e ja um cadito cansada daquilo perdia um cadito das forças, imagine-se que o N. perdia um bocadito mais de paciencia e ja gritava a plenos pulmoes os insultos ao vaso, terra, arbusto e sei la que mais, para além de que ja tinha desbastado um bom bocado de terra que andava pelo chão e um bocadinho por nós todos... e imagine-se que me da um ataque de riso incontrolavel ao mesmo tempo que tentava puxar o vaso....imagine-se tambem que olhava para o N. e via alem da cara zangada a chamar nomes à mãe da planta, vejo que tem imensas folhas do arbusto na cabeça (eu tinha a parte de puxar o vaso, ele agarrava o arbusto...) pois que eu desato a rir descontroladamente fico sem forças para segurar no vaso, o N. agarrado ao arbusto e cheio de folhas na cabeça, a terra e as pedrinhas a magoarem-nos e o .......do arbusto.....metido dentro do......vaso nem se mexia....o N. dizia: pára la com isso que o piiiiiiiiiiiiiiiiii do arbusto esta a comer-me a saladinha toda e eu ria, ria, ria....e ele ja ria também e pedia-me para parar de rir...

 

resumindo e concluindo, se tivessemos feitios diferentes aquilo podia ter sido o inicio de uma bela discussão entre nós e sobre quem tinha tido a ideia de comprar aqueles vasos e blablabla, como temos estes feitios foi um momento muito mas muito divertido (não sei se contado tem a mesma graça, mas eu ri-me mesmo muito). E é assim que depois de uma plantação bem sucedida eu chego à conclusão que ele é mesmo a pessoa certa para mim :o)))

 

Nota: não sei se repararam, eu falei em "maiores", o que significa mais que um..e pelo relato perceberam que só tivemos força para plantar um...portanto no fim de semana numa outra varanda o espectaculo prosseguirá:o))))

 

 

 

sinto-me: apaixonada
tags:
publicado por maebabada às 11:07

link do post | babadelas | favorito
16 comentários:
De mil sorrisos a 2 de Outubro de 2009 às 12:13
Eheheheheh É bom qunado as pessoas se completam desta maneira...
Beijos e Mil Sorrisos
:o)))
De maebabada a 2 de Outubro de 2009 às 12:33
:o)) visto de fora não sei se se perceberia porque dificilmente perceberiam a furia com que ele insultava os vasos, os arbustos...a terra..:o))

beijcoas
De Mamã e Tesourinhos a 2 de Outubro de 2009 às 12:40
Digo-te que tive que me controlar imenso para não largar uma brutal gargalhada com a vossa aventura!!!

Nós lá em casa também é um bocado assim: ele começa logo a chamar todos os nomes, mas eu começo a reclamar com ele que assim não resolve nada!!!

Fica bem.
Bjs.

PS: Já não te tinha avisado que deixei de estar sózinha na sala???
De maebabada a 2 de Outubro de 2009 às 14:56
eu so me chateio quando ele tem estes ataques em frente ao G. porque penso no vocabulário que o miudo pode adquirir:o))

desculpa la..não me lembrei qu~e ja não estavas sozinha:P

beijocas
De me a 2 de Outubro de 2009 às 12:40
Até eu já chorei a rir!
Também podia acontecer na minha casa, uma cena dessas! :o)))))
(agora eu já estava a imaginar a entrada em cena de um qualquer vizinho! :p)
Bjocas
De maebabada a 2 de Outubro de 2009 às 14:55
também eu....é que ia-me rindo e olhando para baixo a ver quando saia alguem...o que vale é que foi à hora de almoço e devia estar tudo a bulir:o))))

beijocas
De Igraine a 2 de Outubro de 2009 às 13:03
Tem a mesma piada, sim, porque eu ri-me até às lágrimas com este post!!! Ahahahaha... Beijinhos**
De maebabada a 2 de Outubro de 2009 às 14:54
obrigada pela visita:o)

então presenciado nem fazes ideia....:o))

beijocas
De mamaepedro a 2 de Outubro de 2009 às 14:04
Eu fartei-me de rir só de imaginar, imagino tu :o))))) , eu com o meu bom feitio, já devia estar a bufar por todos os lados :o))))
Mas olha lá, tanto tempo já a amanhar a quinta ainda não tens experiência suficiente para meter uns arbustos num vaso? ;o)))))
Aguardamos cenas dos próximos capitulos :o)))

Beijokas
De maebabada a 2 de Outubro de 2009 às 14:39
é que eu até me podia chatear porque ás vezes também tenho ataques de mau feitio mas ele berra tanto com as coisas que so consigo mesmo rir:o)))

beijocas
De mãe(q.b.) a 2 de Outubro de 2009 às 14:12
Pahahahahahahah oh gaja, ouve... o q eu já me ri a imaginar-vos aos dois!

Gandas malukos, sim senhores, nada como um bom sentido de humor para alimentar a relação, é o que eu sempre digo!

Eu nem quero ver o 2º round LOL

p.s. então e onde estava o G. durante esta novela toda
De maebabada a 2 de Outubro de 2009 às 14:38
opá eu imagino os vizinhos que ouvissem e vissem aquilo..mas pelo menos até ao momento nenhum se acusou de ter visto nada:o)))

O G. estava no colégio, foi à hora de almoço, porque então com ele a querer ajudar havia de ser uma coisa linda...:o)))

beijocas
De Antes assim... a 2 de Outubro de 2009 às 14:58
Bom, o que eu já me ri aqui a imaginar a vossa figura... e a dos vizinhos se estivessem a ouvir-vos!! É uma cumplicidade magnifica , a vossa!! O marido também adora dizer palavrinhas dessas quando anda nas engenhocas... mas fica meeeesmo furioso!!
Beijinhos
De maebabada a 2 de Outubro de 2009 às 15:47
estou para ver agora no fim de semana se algum vizinho se descai..:o)))

o N. também fica danado, furioso, só acalma quando eu desato a rir na cara dele e ele percebe qu enão adianta muito chamar nomes ao vaso:o)))

beijcoas
De energia-a-mais a 6 de Outubro de 2009 às 11:28
looooool! não consigui parar de rir durante um bom bocado! voçês são um par maravilhoso!
jocas
De maebabada a 6 de Outubro de 2009 às 11:58
olha a mim ainda me da vontade de rir quando me lembro:o)))

beijcoas

Comentar post

.links

.idade da M.

Lilypie First Birthday tickers